Avancini faz história ao assumir o segundo lugar no ranking mundial de MTB


Após conquistar o pódio inédito para o Brasil no cross country olímpico em Copas do Mundo de MTB, na Itália, ciclista de Petrópolis (RJ) acaba de conseguir a melhor colocação do país no ranking internacional do cross country. foto Michele Mondini / Divulgação

A conquista de um pódio inédito para o Brasil na modalidade do cross country olímpico (XCO) na Copa do Mundo UCI de Mountain Bike, em Val di Sole (ITA), fez o ciclista Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) subir mais alguns degraus na história do esporte. Com os 150 pontos conquistados na disputa do XCO na Itália, ao terminar em quarto lugar da competição internacional, Avança - como é carinhosamente apelidado - sobe da quarta para a segunda posição do ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional). Pela primeira vez na história um brasileiro atinge tal colocação no ranking da modalidade cross country do MTB.

Na atualização da entidade máxima do ciclismo divulgada nesta terça-feira (10), o ciclista petropolitano do Shimano Sports Team aparece em segundo lugar, com 1.546 pontos UCI no ranking do cross country, atrás apenas do suíço Nino Schurter (SUI), com 2.170. O top 5 tem ainda o francês Stephane Tempier, em terceiro lugar com 1.437 pontos, seguido do companheiro de Avancini, o também francês Maxime Marotte, com 1.411, e do tcheco Jaroslav Kulhavy, com 1.320, na quarta e quinta colocações, respectivamente.

"Estou super feliz com essa marca alcançada. Sempre trabalhei muito tempo pensando em crescer e ser melhor, mas nunca tive um número na cabe