Guilherme Muller e Letícia Cândido são campeões da Maratona de Congonhas


Chuva deixou prova mais desafiadora para atletas. Competição aconteceu neste sábado (24). Foto - Marcelo Rypnl

A Maratona da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin) foi marcada por muita lama. A chuva acompanhou os atletas durante todo o percurso. Na Super Elite Masculina, Guilherme Muller (Sense Factory Rancing) cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, seguido de Hallysson Serra Lucas (Tropix) e Edson Gilmar De Rezende (Caloi Avancini Team) que é Sub23.

Na feminina, Letícia Cândido (Equipe Audax-FSA Bike Team) e Tânia Clair (Free Force/Soul Cycle) concluíram a prova em primeiro e segundo lugares, respectivamente. A terceira colocação ficou com a atleta Paula Gallan (Isapa/Oggi).

Guilherme Muller contou que foi duro manter junto com o pelotão. “Estava eu, o Cocuzzi e o Alisson e eu sofri em alguns pontos para me manter conectado no pelotão mas aproveitei para ganhar algum tempo onde eu tinha um pouco de vantagem, que era nas partes técnicas. Consegui tirar a diferença na última sessão de trilha e daí foi na raça, na vontade de vencer para conseguir segurar o ritmo até o final. Foi bem dolorido, bem duro mais a sensação de estar aqui agora na primeira colocação em uma prova de maratona é muito gratificante”, disse Guilherme.

A chuva pegou de surpresa o vice-campeão. “Confesso que eu não estava preparado para tanta chuva, para tanto barro, mas eu tentei, arrisquei minha deficiência quanto aos outros atletas já que o Guilherme, o Rubinho e o Cocuzzi são muito técnicos. Eu tentei, ataquei e ganhei alguma vantagem em alguns