top of page

Dia inédito na Santander Brasil Ride Bahia



Pela primeira vez na historia do evento uma etapa é cancelada

Outubro de 2022 - Devido às fortes chuvas que precipitam sobre a região entre Porto Seguro e Guaratinga, na manhã desta terça-feira, 24, a direção da Santander Brasil Ride Bahia 2022 decidiu adiar a segunda etapa da ultramaratona. O percurso da prova, entre Arraial d'Ajuda e Guaratinga tinha 128 km .

Segundo o fundador da Brasil Ride, Mario Roma, a decisão foi tomada para garantir a segurança dos atletas e das equipes de trabalho. " Com as chuvas, o trajeto ficou inviável para realizar a prova de hoje. Na região onde os atletas fariam a etapa, choveu cerca de 100 mm de chuva durante a noite, que se arrastou pelo começo da manhã. Faremos ainda mais uma vistoria para manter a segurança dos participantes e já monitoramos a previsão para não termos surpresas. Como sempre digo: 'quem vai para o mar, previne-se em terra'. É isso que temos como lema, segurança sempre", declarou.

O Comissário da UCI, Fred Seemann concordou com Mário Roma e deu o exemplo de um evento climático adverso que presenciou. "Foi como em um evento que participei no Arkansas (EUA). Lá, um pequeno tornado se abateu sobre o acampamento e destruiu parte das barracas. Com isso, também tivemos que adiar uma etapa, por questões de segurança - Safety First: a segurança primeiro lugar", revelou.

Etapa - De acordo com Mario Roma, a partir de amanhã, a ultramaratona continua. "Em 12 anos nunca, a ultramaratona teve uma situação como essa. Será um percurso diferente, mas seguiremos com a Brasil Ride, que sempre tem gratas surpresas", explicou.

O diretor de prova, Rafael Campos, ressaltou que a decisão do adiamento da prova foi a segurança e pediu aos participantes, cuidado e prudência. A prova de amanhã terá 57,2 km e 711m de altimetria acumulada. " Serão 40% do percurso em singletracks, trechos em downhill e, apesar de não ser tão técnica, o cuidado deve ser redobrado por conta de raízes e da folhagem, grandes poças e dois pontos de trecho de rodovia, onde a Polícia Rodoviária estará dando apoio. A ordem de largada está no app", salientou.

Rotina de Treinos - Para enfrentar mais uma etapa da Brasil Ride, mesmo neste day off, os atletas realizaram os treinos para manter o corpo - e a mente ativos. O campeão mundial Tiago Ferreira (DMT Racing Team by Marconi) explicou que não tinham nada planejado, por isso o jeito foi treinar indoor. "Logo cedo soubemos do cancelamento da etapa e a opção foi fazer 2h de treino indoor em duas sessões de 1h, na parte da manhã e da tarde, para não ficar parado. Aproveitei também para descansar um pouco mais e colocar as malas e as coisas em ordem", disse.



Gustavo Xavier e a equipe Specialized BR fizeram treino de rua para se manterem ativos. foto Alemão Silva/ Brasil Ride

Já Gustavo Xavier (Specialized Racing BR) e a equipe Specialized BR, preferiram fazer um treino mais tranquilo na rua. "Acordamos bem cedo, às 5h50 da manhã. E tivemos que improvisar. Fizemos um treino de duas horas e meia, cerca de 70 km, numa intensidade bem mais leve da que seria a prova de hoje. Fizemos uma sessão de fisioterapia, alguns exercícios de mobilidade e aproveitamos para descansar também. Acredito que dependendo da característica do atleta, o day off pode atrapalhar na próxima etapa da prova, que será etapa mais curta mas com intensidade alta, e com lama, a etapa fica mais difícil", comentou.



Para não perder o ritmo, Marcella Toldi realizou um treino de 1h.

foto Rosita Belinky / Brasil Ride


Marcella Toldi (Johny Lin / Ciclovia Rio Pinheiros) disse que o day off a deixa ansiosa, mas para driblar esse sentimento, a atleta decidiu por um treino leve com estímulos para a mente e o descanso. "Aproveitei para revisar a mala, rever suplementação, pensar nas próximas etapas e encontrar amigos. Fiz o treino de asfalto, na chuva mesmo. Eu estou com muita vontade de correr prova então onde o Rafael (Campos) riscar estou indo, mas queria evitar a lama por causa da bike e dos desgastes das pastilhas de freio e relação", completou.

A Santander Brasil Ride Bahia tem os patrocínios de Secretaria Especial do Esporte, Ministério da Cidadania, Santander, Specialized, Continental Pneus, Shimano e Unidas – Aluguel de carros, Garmin, Red Bull, HB, Squirt, além da Prefeitura Municipal de Porto Seguro e da Prefeitura Municipal de Guaratinga. Conta com os apoios de Full Gas, Spot, Thule, Coca-Cola, Parque Nacional do Pau Brasil e Parque Nacional do Alto Cariri. Chancela da União Ciclista Internacional (UCI), Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e FBC (Federação Bahiana de Ciclismo). A organização é do Instituto Brasil Ride.

Programação ao vivo - Diariamente, o programa Brasil Ride Stage News irá contar tudo que acontece na competição. Nesta segunda, dia 24, a exibição inicia às 20h, pelo You Tube da Brasil Ride

Santander Brasil Ride: Mais que uma prova, uma etapa em sua vida

Mais informações da Santander Brasil Ride:

Informações para imprensa:

Débora do Carmo- Mtb 84625/SP

(11) 9 5772-1789





Comments


capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
capa_dirt_344.png
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.05.jpeg
bottom of page