top of page

Flückiger surpreende a todos e ganha em Nals, Avancine chega na 9ª posição


O suíço Mathias Fluckiger (Thömus RN) venceu neste sábado (10 de abril) a terceira rodada da Internazionali d’Italia Series, a Marlene Südtirol Sunshine Race, disputada em Nalles, na região de Alto Adige, no Norte da Itália. Nino Schurter (Scott Sram) foi o 2º e Maxime Marrotte (Santa Crus FSA) o 3º. Avancini (Cannondale Factory Racing)

chegou na 9ª colocação.



Praticamente todo o melhor do World Mountain Biking aconteceu sob a bandeira da Marlene Südtirol Sunshine Race na categoria Open Masculino. Todos os 10 primeiros do Ranking Mundial da UCI estiveram presentes, começando com os dois principais protagonistas de Capoliveri, Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) e Nino Schurter (Scott-SRAM), mas também o Campeão Mundial Jordan Sarrou e o favorito da casa Gerhard Kerschbaumer (Specialized Factory Racing), o líder da Internazionali d'Italia Series, Maxime Marotte (Santa Cruz-FSA) e muitos outros.


Esperava-se um ritmo acelerado no percurso exigente de Nalles, e assim foi. Desde a primeira volta, o ritmo imposto pelos protagonistas mais esperados começou a formar o grupo da frente: primeiros 12, depois 10, e a partir da terceira volta apenas 8 homens ficaram na frente: além de Avancini, Schurter, Marotte e Sarrou , também Mathias Flūckiger (Thomus RN), Titouan Carod e Filippo Colombo (Absolut Absalon) e Ondrej Cink (Kross Orlen). Na penúltima volta, Henrique Avancini perdeu o contato com o grupo principal, como Sarrou e Carod logo depois. A corrida foi decidida na última subida: “Flückiger acelerou e abriu uma pequena vantagem - disse Marotte - não consegui ultrapassar antes do single track e fiquei preso atrás de Colombo, perdendo alguns metros. No topo, consegui passar e fazer uma ponte de volta para Nino, mas naquele ponto, Flückiger havia sumido.” O suíço conseguiu vencer sua segunda Marlene Südtirol Sunshine Race, após a edição de 2018: desta vez, Nino Schurter ficou em segundo atrás dele (+0,04), à frente de Marotte que bateu Cink (+0,11) em uma corrida, também mantendo o líder do GC camisa. Avancini foi apenas o nono, atrás de Lars Forster (Scott-SRAM), cuja exibição muito forte foi prejudicada por um mau começo. “É bom ganhar novamente aqui. Gosto de Nalles, é um percurso muito natural, com essa longa subida que acho que me cai bem ”, disse Flückiger, de 32 anos, vencedor de duas rodadas da Copa do Mundo em sua carreira. “Foi a minha estreia sazonal e tendo a lutar um pouco nas primeiras corridas: não foi assim desta vez. Essa é a maneira perfeita de abordar minha escalada na Copa do Mundo ”. Nino Schurter teve de se manter com mais um segundo lugar, o terceiro consecutivo nas corridas da Internazionali d'Italia Series, também tendo sofrido uma pequena queda na primeira volta. De qualquer forma, o campeão europeu estava feliz com sua primeira passagem pela Itália: “Foi bom, desafiador e estou feliz com o segundo lugar de hoje. As pernas estão respondendo bem, entre Capoliveri e Nalles enfrentamos duas corridas muito diferentes do ponto de vista técnico. Agora é hora de se concentrar na Copa do Mundo. Voltarei à Itália em agosto para outro ataque ao arco-íris em Val di Sole.”


CLASSIFICAÇÃO _ TOP 10


1 – FLÜCKIGER Mathias THÖMUS RN SWISS BIKE TEAM 1:23:37.95

2 – SCHURTER Nino SCOTT SRAM MTB RACING TEAM +3.60″

3 – MAROTTE Maxime SANTA CRUZ FSA MTB PRO TEAM +10.30″

4 – CINK Ondrej KROSS ORLEN CYCLING TEAM +10.30″

5 – COLOMBO Filippo ABSOLUTE-ABSALON – BMC +28.00″

6 – SARROU Jordan SPECIALIZED RACING +29.60″

7 – CAROD Titouan ABSOLUTE-ABSALON – BMC +38.65″

8 – FORSTER Lars SCOTT SRAM MTB RACING TEAM +59.60″

9 – AVANCINI Henrique CANNONDALE FACTORY RACING +1:27.20´

10 – KORETZKY Victor TEAM KMC ORBEA +1:34.25´

capa_bike_273_mai23.png
capa_bike_GUIA23.png
capa_dirt_332_mai23.png
bottom of page