top of page

Henrique Avancini e Karen Olimpio vencem no segundo dia da CIMTB Araxá 2023



Competição contou ainda com a realização das provas do E-MTB XCO e também da Maratona. Neste domingo, evento se encerra com vasta programação dentro e fora das pistas





Principal destaque da programação deste sábado (15) da Copa Internacional de Mountain Bike em Araxá, a segunda de três provas das super elites neste fim de semana coroou dois novos vencedores na temporada, durante a edição especial de 20 anos da disputa na cidade. Henrique Avancini e Karen Olimpio foram os vencedores do Cross Country Olímpico (XCO) Classe 1, somando 60 pontos nos rankings internacinais, após estarem sempre como protagonistas de suas corridas. Com os resultados do dia, em ambas categorias as camisas de líder mudaram de mão. Agora, Avancini e Agustina Apaza são os líderes na soma dos resultados.


Campeões do dia anterior e líderes de 2023 do campeonato de Short Track (XCC), Martin Vidaurre e Raiza Goulão optaram por não correrem o Cross Country Olímpico deste sábado, se poupando para a principal corrida do fim de semana, o XCO Hors Class de domingo (16). Ao todo, são ofertados 170 pontos (10 da prova de Short Track, 60 do XCO de sábado e 100 do XCO domingo) para os campeões nos rankings olímpico e mundial, ou seja, pontuação extremamente importante para quem quer estar em Paris-2024.


Henrique Avancini vibra com vitória (Crédito: Alemão Silva/CIMTB)



Super elite masculina

A disputa dos homens largou exatamente às 10h20 deste sábado, para completar as 6 voltas no tradicional circuito do XCO no Barreiro. Na primeira volta, José Gabriel Marques, Catriel Soto (ARG), Henrique Avancini, Gustavo Xavier e Luiz Cocuzzi se destacaram no primeiro grupo. Com a saída de Cocuzzi e a entrada de Ulan Galinski no primeiro pelotão, a prova transcorreu com 5 ponteiros, até sua metade. Na quarta volta, Catriel se afastou dos líderes. Na volta seguinte, foi a vez de Ulan perder contato por conta de um furo de pneu. Assim, ficou para os 5 km finais a decisão do vencedor, entre José Gabriel, Henrique e Gustavo.


"Foi uma prova muito disputada. Espetáculo quente para o público. Não me senti tão bem na primeira metade, cometi alguns erros e não estava em um bom equilíbrio. Na segunda metade da corrida melhorei e consegui entender melhor como eu deveria andar no circuito. Comecei a estudar, principalmente, o Zé. O Gustavo também estava bem. Eu sabia que era dia de espremer bastante se eu quisesse a vitória. Isso ficou claro para mim, que seria difícil alcançá-la. Estou muito feliz com o triunfo, porque foi uma das vitórias mais sofridas aqui em Araxá. Já garanti uma. Prometi que venceria. Uma promessa está cumprida. Agora é recuperar e fazer uma boa prova neste domingo", disse Avança, como é chamado.


O top 3 da etapa teve José Gabriel e Gustavo Xavier, em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Completaram as cinco primeiras posições Ulan Galinski e Catriel Soto. Subiram também no pódio Jhonnatan Botero (COL), Alex Malacarne, Guilherme Muller, Joel Fernando (ARG) e Kennedi Sampaio, entre sexto e décimo lugares.


"A prova foi definida na última volta. Logo após o ponto de apoio, fiz uma aceleração que deu certo, porque passamos à frente só eu e o Henrique. Tentei outras acelerações, em que o Henrique desconectava e conectava em determinados pontos. Foi uma prova dinâmica e tática, em que andei agressivo e liderei em vários momentos. Na última subida, da Caixa d'Água na Dona Beja, optei por uma linha agressiva para tentar chegar mais rápido no topo, mas fui infeliz na escolha porque estava mais liso, perdi a tração e fiquei no meio do caminho. Henrique abriu diferença, dali para frente era só descida. Tentei tirar o máximo possível, mas não foi possível. Feliz pelo o que apresentei. Estou no caminho certo", analisou o vice-campeão, José Gabriel.



Karen Olimpio volta a vencer e Araxá (Crédito: Alemão Silva/CBMM)



Super elite feminina

Na prova das mulheres, Karen Olimpio foi dominante do começo ao fim. Ao término da primeira volta, apenas Isabella Lacerda conseguiu acompanhá-la. Porém, já na volta seguinte Karen abriu vantagem de cerca de 30 segundos, crescendo volta a volta a distância para Isabella de forma gradual. Após o triunfo, Karen lembrou suas experiências mais recentes em Araxá e também o momento difícil que passou na temporada passada, ao sofrer uma lesão na primeira corrida da CIMTB 2022, em Petrópolis (RJ).


"Em 2021 aqui em Araxá, fiz um bom início no Short Track, vencendo a prova e tive um imprevisto no XCO no mesmo ano. Em 2022, eu voltei a Araxá após me recuperar de um acidente na abertura em Petrópolis, então confesso que a temporada do ano passado foi muito difícil. Tive que ser muito resiliente pela recuperação do acidente. Contei com total apoio de equipe, família, namorado, todos patrocinadores, além dos médicos", relembrou Karen. "Trabalhei forte para chegar bem em Araxá este ano. Optei por não competir no XCC ontem (sexta-feira), porque minha estratégia são os XCO. Estou focada na vaga olímpica. Vou buscar os pontos dia após dia. Feliz de ter iniciado bem minha participação na CIMTB Araxá", completou a vencedora do dia.


Ao lado de Karen e Isabella nos lugares mais altos do pódio, a argentina Agustina Apaza, que esteve entre as três primeiras colocações. Giuliana Morgen e Ines Gutierrez (ARG) completaram o top 5. O pódio teve ainda as atletas Yarela Gonzalez (CHI), Michela Molina (EQU), Sabrina Oliveira, Andrea Ornelas (MEX) e Luiza Cocuzzi.


E-MTB XCO

A manhã de sábado começou com as disputas do E-Bike na arena da CIMTB. Atual campeão da E-MTB Pró Masculina, Rubinho Valeriano começou a temporada com o pé direito, ao vencer a disputa completando 5 voltas em 1h02min05. O top 3 teve ainda Samuel Cruz (1h03min04) e Marcos Oliveira (1h06min15). Entre as mulheres, a vitória foi de Patrícia Loureiro, em 57min13min (4 voltas). Stefanye Silva e Fabiana Brandão fecharam o top 3, em 1h01min15 e 1h04min16. Juarez Machado (49min42) foi o vencedor da Máster, à frente de Gustavo Miguez (52min46) e André Oliveira (53min57).


Mais atrações do sábado

Fora das pistas, o sábado foi o dia em que houve o maior número de atrações: Experiência Balonismo; Arte de Rua Karcocha; Show Vitor Fagundes (Araxá – MG); Show Johnny Go! (Araxá – MG); sessão de autógrafos/fotos com Julien Absalon; lançamento da nova transmissão SRAM AXS; Show Manga Rosa Quarteto (Araxá – MG); Show Black Jack 21 (Uberlândia – MG); Show Miltons (Araxá – MG); Show Jefferson Gonçalves e Bitencourt Duo convida Nanda Moura (Rio de Janeiro – RJ)

Programação do domingo

No domingo, 22 categorias largam para encerrar a programação de dentro das pistas em grande estilo, com baterias às 8h (Masculinas – Sub17, Sub15, ULTRA, Sub55, Sub60, Sub65, Over65, Sub12), 10h (Masculinas – Sub30, Sub35, Sub40, Sub45 e Sub50), 12h (Femininas – Super Elite, UCI Junior Series, Sub17, Sub15, Sub40, Sub50, Over50, Sub12) e 14h (Masculinas – Super Elite e UCI Junior Series).


Também no dia de encerramento do evento, mais shows e experiências: 8h às 10h, Experiência Balonismo no SETOR C; 10h às 11h, Apresentação Kika no Cerrado (Araxá – MG) itinerante; 10h às 10h30, sessão de autógrafos/fotos com Julien Absalon na CBMM; 11h às 12h30, Show BÊJAZZ (Araxá – MG) convida: Uberland Street Band (Uberlândia – MG) itinerante; 12h30 às 14h, Show Vitor Fagundes (Araxá – MG) na CBMM; 14h às 15h30, Show BÊJAZZ (Araxá – MG) convida: Mississippi Devils (Ribeirão Preto – SP) itinerante; e 14h30 às 17h, Show Piano Rock (Araxá – MG) na CBMM.


Transmissão ao vivo

O encerramento da competição terá transmissão ao vivo de três das quatro baterias do dia. A primeira terá transmissão da largada e das chegas no Instagram da Copa. Já as três baterias restantes, das 10h, 12h e 14h, serão transmitidas do começo ao fim, podendo ser assistidas no site GloboEsporte.com - https://ge.globo.com/mg/triangulo-mineiro/ciclismo/ao-vivo/copa-internacional-de-mountain-bike-3-dia-de-competicao-em-araxa.ghtml - e também no YouTube da CIMTB.


Top 10 da super elite feminina


1- Karen Olimpio - 1h28min08

2- Isabella Lacerda - 1h28min55

3- Agustina Apaza - 1h29min24

4- Giuliana Morgen - 1h29min45

5- Ines Gutierrez - 1h33min21

6- Yarela Gonzalez - 1h33min25

7- Michela Molina - 1h33min45

8- Sabrina Silva - 1h34min59

9- Andrea Ornelas - 1h37min00

10- Luiza Cocuzzi - 1h38min31


Top 10 da super elite masculina


1- Henrique Avancini - 1h20min43

2- José Gabriel - 1h20min50

3- Gustavo Xavier - 1h21min16

4- Ulan Bastos - 1h22min46

5- Catriel Soto - 1h23min26

6- Jhonnatan Villegas - 1h23min44

7- Alex Malacarne - 1h24min09

8- Guilherme Muller - 1h24min41

9- Joel Contreras - 1h25min06

10- Kennedi Lago - 1h25min34


Feminino

1- Agustina Apaza (ARG) - 68 pontos

2- Isabella Lacerda - 66 pontos

3- Giuliana Morgen - 59 pontos

4- Ines Gutierrez (ARG) - 50 pontos

5- Karen Olimpio - 45 pontos


Masculino

1- Henrique Avancini - 71 pontos

2- José Gabriel - 70 pontos

3- Ulan Galinski - 57 pontos

4- Gustavo Xavier - 56 pontos

5- Catriel Soto (ARG) - 50 pontos


Sobre a CBMM Líder mundial na produção e comercialização de produtos de Nióbio, a CBMM possui mais de 400 clientes, em 50 países. A companhia fornece produtos e tecnologia de ponta aos setores de infraestrutura, mobilidade, aeroespacial, saúde e energia. Fundada em 1955, em Araxá, Minas Gerais, a CBMM apoia iniciativas que visam o desenvolvimento socioeconômico, cultural e esportivo nos locais onde atua, buscando beneficiar essas comunidades e auxiliar na formação das próximas gerações. Para mais informações, visite: cbmm.com/pt/media-center. Sobre a SRAM SRAM LLC é uma fabricante de componentes de bicicletas com sede em Chicago, Illinois, Estados Unidos, fundada em 1987. SRAM é um acrônimo que inclui os nomes de seus fundadores, Scott, Ray e Sam, baseada no sonho de criar uma experiência mais divertida, eficiente e rápida em uma bicicleta. Hoje, o grupo SRAM é formado por uma equipe global de pessoas que oferece a mesma paixão por melhorar a experiência e expandir o potencial do ciclismo, detentora de marcas como: TIME, RockShox, Truvativ, Quarq e Zipp. Mais informações: https://proparts.esp.br/sram História da CIMTB A organização da CIMTB realizou sua primeira prova em 1996. Desde então, vem inovando e contribuindo ativamente para o crescimento e fortalecimento do mountain bike e o mercado de bicicletas no Brasil. Contando pontos para o ranking mundial da União Ciclística Internacional (UCI) desde 2004, a CIMTB tem sido seletiva para os Jogos Olímpicos nos ciclos de Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016, Tóquio 2020 e Paris 2024. Em 2022, a CIMTB aumentou ainda mais sua relevância internacional, com a realização da etapa de abertura da Copa do Mundo Mercedes-Benz de Mountain Bike 2022, em Petrópolis. Além disso, foi responsável pela construção da pista de mountain bike dos Jogos Olímpicos Rio 2016, considerada uma das melhores da história dos Jogos desde 1996, primeiro ano do MTB em Olimpíadas. Mais informações sobre a CIMTB: Site: https://www.cimtb.com.br Instagram: http://www.instagram.com/cimtb Facebook: http://www.facebook.com/cimtb/ Twitter: http://www.twitter.com/cimtb_oficial Assessoria de Imprensa Gustavo Coelho press@cimtb.com.br


Comments


capa_bike_281.png
capa_guia_bike_2024.png
capa_dirt_344.png
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.05.jpeg
bottom of page