top of page

Martin Vidaurre (CHI) fatura outra vitória na etapa de Araxá da CIMTB



Disputa da super elite masculina encerrou a 20ª edição da Copa Internacional em Araxá. José Gabriel se destaca como maior pontuador da etapa





Prova mais esperada pelo público brasileiro na temporada, a super elite masculina do Cross Country Olímpico Hors Class (XCO HC) na CIMTB Araxá entregou tudo aquilo que os visitantes do evento esperavam, na tarde deste domingo (16): disputas emocionantes e muita adrenalina na pista do Barreiro. Ao final de seis voltas completadas, o vencedor foi o chileno Martin Vidaurre, que já havia ganhado o Short Track (XCC) na sexta-feira (14). Completaram o top 3 do pódio do dia os ciclistas José Gabriel Marques e Gustavo Xavier.


Henrique Avancini, que havia triunfado no XCO do sábado (15), teve um problema mecânico, sofreu uma queda e abandonou a prova deste domingo. Outro grande destaque da etapa foi José Gabriel. Premiado pelos bons resultados - ele ficou em segundo lugar nas três provas -, o atual bicampeão da CIMTB assumiu a liderança do evento e ainda somou 126 pontos nos rankings UCI no fim de semana, sendo o maior pontuador da etapa.


"Super bonito ganhar na casa do Avancini. Venho crescendo, ao acompanhar os passos desse ciclista brasileiro. Eu era uma criança e corria aqui em Araxá, desde que eu tinha 15 anos. Tenho que agradecer a CIMTB por fazer um evento sempre tão lindo. Ganhei em uma batalha dura. Vamos ter uma revanche no Campeonato Pan-Americano e nada está decidido. Prefiro pedalar do que falar. Agradeço a todos pelo apoio. Vamos em frente", comemorou Martin Vidaurre.



Vidaurre à frente de Zé e Avancini (Crédito: José Marcio Moreira/Ultrafotos)


Avancini abandona a prova

Henrique Avancini esteve o tempo todo no top 3 da disputa, que teve Martin Vidaurre e José Gabriel como protagonistas ao seu lado. No entanto, na penúltima volta teve um problema mecânico e acabou por sofrer um tombo que o tirou da corrida.


"Tive um problema mecânico e acabei sofrendo uma queda a quase uma volta para o final. Me sentia bastante bem, havia testado o Martin e o José Gabriel na quarta volta. Aparentemente, eu tinha uma condição um pouco melhor do que eles, acredito que a disputa seria acirrada no final", comentou Avança, como é carinhosamente chamado. "Mais uma vez, um espetáculo imenso aqui em Araxá. Infelizmente não fiz parte do ato final, mas acho que a galera curtiu muito. Uma festa incrível mais uma vez aqui na Copa Internacional. Ano que vem eu volto", finalizou.



Criança cumprimenta Avancini após a prova de hoje (Crédito: Jonathas Abrantes/Ultrafotos)


José Gabriel, maior pontuador do fim de semana

O ciclista José Gabriel, atual bicampeão geral da CIMTB, acabou sendo um dos principais destaques da etapa de Araxá. Embora não tenha conseguido vencer, o atleta demonstrou uma ótima performance. Além de liderar a temporada após as três corridas deste fim de semana, com 125 pontos conquistados (20 à frente do vice-líder Gustavo Xavier), o atleta destacou-se pela grande pontuação no ranking UCI: 126 no total, com 6 no Short Track, 40 no Cross Country Olímpico Classe 1 e 80 no XCO Hors Class.


"Não falo que foi 100% positivo, porque a vitória não veio. Mas posso falar que foi 99%, porque haviam atletas que dispensam comentários. Campeões mundiais que pude ganhar de pelo menos um deles a cada dia. Araxá faz parte da minha história e foi um trabalho de formiguinha chegar aonde a gente chegou. Ver a maneira como eu corri nestes três dias, mostra que estou no caminho certo. Tenho uma equipe que faz um trabalho árduo para me ajudar", disse Zé Gabriel. "Faltam pequenos detalhes, ritmo de competição na Europa para superar esses atletas, mas andar desta maneira mostra que eu tenho margem grande de evolução", concluiu.


"Pontuei mais na soma geral dos três dias. Fui o mais constante e saio daqui com a camisa de líder. Mais que um objetivo, era um sonho iniciar a temporada assim. Sou bicampeão da elite e cinco vezes vencedor na soma de todas as categorias. Viajar agora para Nova Lima e disputar lá, que hoje é minha casa, a segunda etapa daqui dois meses com a camiseta rosa de líder, era meta e objetivo", vibrou o atual bicampeão do evento.



Pódio da super elite masculina (Crédito: Ultrafotos)


Demais resultados do dia

Todos os resultados das quatro baterias disputadas neste domingo estão disponíveis no site da CIMTB. Basta acessar www.cimtb.com.br, clicando em Informações >>> Resultados >>> Resultados 2023.


Top 10 da etapa do XCO Hors Class

1- Martin Vidaurre - 1h17min43

2- José Gabriel Marques - 1h17min45

3- Gustavo Xavier - 1h17min52

4- Ulan Galisnki -1h19min40

5- Jhonathan Villegas (COL) - 1h19min47

6- Catriel Soto (ARG) - 1h20min36

7- Alex Malacarne - 1h21min05

8- Joel Fernando (ARG) - 1h21min52

9- Guilherme Muller - 1h22min16

10-Sebastian Maldonado (CHI) - 1h22min29


Top 5 do ranking da temporada na CIMTB

1- José Gabriel Marques - 125 pontos

2- Gustavo Xavier - 106 pontos

3- Ulan Galinski - 102 pontos

4- Martin Vidaurre - 95 pontos

5- Catriel Soto - 87 pontos


Sobre a CBMM

Líder mundial na produção e comercialização de produtos de Nióbio, a CBMM possui mais de 400 clientes, em 50 países. A companhia fornece produtos e tecnologia de ponta aos setores de infraestrutura, mobilidade, aeroespacial, saúde e energia. Fundada em 1955, em Araxá, Minas Gerais, a CBMM apoia iniciativas que visam o desenvolvimento socioeconômico, cultural e esportivo nos locais onde atua, buscando beneficiar essas comunidades e auxiliar na formação das próximas gerações. Para mais informações, visite: cbmm.com/pt/media-center.


Sobre a SRAM

SRAM LLC é uma fabricante de componentes de bicicletas com sede em Chicago, Illinois, Estados Unidos, fundada em 1987. SRAM é um acrônimo que inclui os nomes de seus fundadores, Scott, Ray e Sam, baseada no sonho de criar uma experiência mais divertida, eficiente e rápida em uma bicicleta. Hoje, o grupo SRAM é formado por uma equipe global de pessoas que oferece a mesma paixão por melhorar a experiência e expandir o potencial do ciclismo, detentora de marcas como: TIME, RockShox, Truvativ, Quarq e Zipp. Mais informações: https://proparts.esp.br/sram


História da CIMTB

A organização da CIMTB realizou sua primeira prova em 1996. Desde então, vem inovando e contribuindo ativamente para o crescimento e fortalecimento do mountain bike e o mercado de bicicletas no Brasil. Contando pontos para o ranking mundial da União Ciclística Internacional (UCI) desde 2004, a CIMTB tem sido seletiva para os Jogos Olímpicos nos ciclos de Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016, Tóquio 2020 e Paris 2024. Em 2022, a CIMTB aumentou ainda mais sua relevância internacional, com a realização da etapa de abertura da Copa do Mundo Mercedes-Benz de Mountain Bike 2022, em Petrópolis. Além disso, foi responsável pela construção da pista de mountain bike dos Jogos Olímpicos Rio 2016, considerada uma das melhores da história dos Jogos desde 1996, primeiro ano do MTB em Olimpíadas.


Mais informações sobre a CIMTB:


Assessoria de Imprensa

Gustavo Coelho


Comments


capa_bike_273_mai23.png
capa_bike_GUIA23.png
capa_dirt_332_mai23.png
WhatsApp Image 2024-03-26 at 19.51.05.jpeg
bottom of page