top of page

Tom Pidcock 'nasceu para fazer mountain bike' depois de derrotar Mathieu van der Poel por um minuto


O britânico PIDCOK mostrou sua classe ao vencer a final de cross-country por mais de um minuto fotos REDBULL CONTENT POOL



Tom Pidcock venceu Mathieu van der Poel por um minuto para ganhar sua primeira corrida de mountain bike na Copa do Mundo de elite na final de cross-country em Nove Mesto. A dupla se afastou do resto do pelotão no início, antes de Pidcock derrubar o holandês na terceira volta, em seguida, indo sozinho para a vitória e terminando exatamente um minuto à frente de seu rival. Foi um dia de recordes também, pois já se passaram 27 anos desde que um cavaleiro britânico ganhou uma etapa de elite da Copa do Mundo, enquanto Pidcock também estabeleceu a maior margem de vitória de todos os tempos no percurso tcheco.

Parece estúpido, mas acho que é o que faço desde pequeno e o que mais gostava. "Vir aqui e ganhar uma Copa do Mundo de elite na minha segunda tentativa ... bem ... a primeira tentativa em um circuito igual é muito insano, na verdade." Pidcock vai agora fazer uma pausa, tendo competido em eventos de mountain bike nas últimas semanas, e embora sua vaga nos Jogos Olímpicos deste verão ainda não esteja garantida, é difícil imaginar o britânico não estar na linha de largada. "Não é frustrante porque eu ainda estaria correndo aqui hoje, não afeta o que está acontecendo agora", disse Pidcock sobre a incerteza sobre sua passagem para Tóquio. "Estou certamente em grande forma. Vou fazer uma pausa agora e, em seguida, construir com esperança rumo às Olimpíadas. Acho que mostrei o que posso fazer em uma mountain bike." Pidcock terminou em segundo para Van der Poel na sexta-feira em Nove Mesto no evento de pista curta, tendo vencido a Swiss Bike Cup no início deste mês em seu retorno ao mountain bike.


NINO SCHURTER

O francês Jordan Sarrou, campeão mundial, terceiro colocado no short track, fez uma corrida de recuperação em uma batalha direta com o suíço Nino Schurter e o sul-africano Alan Hatherly e concluiu na quinta colocação, a 2min21s.

NINO SCHURTER foto REDBULL CONTENT POOL


Merece destaque a atuação de Hatherly, companheiro de equipe do brasileiro Avancini na Cannondale Factory Racing, que largou na segunda fila e concluiu na sexta colocação, a 2min28s.


Nino Schurter pela primeira vez ficou de fora do pódio do Top 3 em Nove Mesto ao concluir na sétima colocação, a 3min04s.


O francês Victor Koretzky, quarto colocado no short track e vencedor do XCO na etapa anterior, perdeu muito tempo com a quebra de uma corrente e concluiu longe do pódio, na 24ª colocação, a 6min10s.


AVANCINI A 6 MINUTOS O brasileiro Henrique Avancini largou na segunda fila, posição definida na sexta-feira depois de terminar o short track na 13ª colocação. Diferente das outras etapas, em que se manteve na ponta e entre os líderes, Avancini fez uma corrida discreta. Sempre distante da ponta, foi perdendo colocações ao longo da prova.


Na primeira volta, o ciclista da Cannondale Factory Racing fechou na 17ª colocação, a 20s. Na volta seguinte perdeu 3 posições e passou a 1min25s do primeiro colocado (Pidcock). Na quarta volta Avancini estava na 27ª colocação; depois ganhou posições ao longo das duas últimas voltas e terminou em 23º, a 6min08s de Pidcock.


TOP 10 1 Thomas Pidcock (Grã-Bretanha) 1:20:55 2 Mathieu Van der Poel (Holanda) 0:01:00 3 Mathias Flueckiger (Suíça) 0:01:15 4 Ondřej Cink (República Tcheca) 0:02:00 5 Jordan Sarrou (França) 0:02:21 6 Alan Hatherly (África do Sul) 0:02:28 7 Nino Schurter (Suíça) 0:03:04 8 Anton Cooper (Nova Zelândia) 0:03:14 9 Titouan Carod (França) 0:03:37 10 Thomas Griot (França) 0:03:51


Brasil 23 Henrique Avancini 0:06:08 56 Luiz Henrique Cocuzzi 0:08:47 75 Guilherme Muller: -1 volta 96 Ulan Bastos Galinski: – 2 voltas



Cross Country Olímpico Feminino

A prova feminina começou forte já no apito, com mais um ataque fulminante da francesa Loana Lecomte. Dessa vez pelotão estava mais bem estruturado e respondeu a altura, pelo menos pelo primeira volta. Haley Batten, Pauline Prevot, Rebecca MacConnell, Evie Richard e Linda Indergand, saltaram junto em resposta ao ataque da prodígio francesa.

LOANA LECOMTE foto REDBULL CONTENT POOL


Ao abrir a segunda volta Loana já abria vantagem, mas Haley Batten se mantinha firme em seu encalço.


Não foi o dia pra Kate Courtney, ela vinha no segundo grupo perseguidor e tomou um tombo quebrando o mecanismo de seu manetes de freio. Grande luta para andar em uma pista dessa, lisa e cheia de pedras e raízes sem o freio traseiro. Após conseguir trocar o manete, Kate voltou a luta tentando se recuperar, porém um pneu traseiro furou e tornou essa tarefa hercúlea para a pequena americana, companheira de equipe de Nino Schurter.

HALEY BATTEN foto REDBULL CONTENT POOL


Logo o ataque da Loana se tornou dominante e ela já abria mais de um minuto para sua fiel perseguidora, Haley Batten e ainda mais para o grupo de Pauline.


A campeã Olímpica no Rio, Jenny Rissveds, que vinha forte no segundo grupo perseguidor acabou abandonando, aparentemente por algum problema mecânico.


As posições se mantiveram basicamente as mesmas, com destaque para Rebecca MacConnell que saltou do grupo e fez belas últimas voltas para se destacar e carimbar o terceiro lugar. Logo atrás de Loana que liderou de ponta a ponta e Batten em segundo, excelente resultado para sua segunda participação na Copa do Mundo de XCO Elite.


As brasileiras tiveram um dia duro na lama, com Raiza terminando na posição 62 e Jaqueline Mourão em 88.


TOP 10 FEMININO 1 Loana Lecomte (França) 1:25:13 2 Haley Batten (EUA) 0:01:39 3 Rebecca Mcconnell (Austrália) 0:01:51 4 Pauline Ferrand Prevot (França) 0:02:10 5 Evie Richards (Grã-Bretanha) 0:02:27 6 Linda Indergand (Suíça) 0:02:50 7 Sina Frei (Suíça) 0:03:22 8 Jolanda Neff (Suíça) 0:03:39 9 Anne Terpstra (Holanda) 0:04:06 10 Anne Tauber (Holanda) 0:04:33


Brasil 62 Raiza Goulão 0:13:05 88 Jaqueline Mourão:- 2 voltas


Próxima etapa da Copa do Mundo - 11 e 13 de junho, Leogang, na Áustria


capa_bike_273_mai23.png
capa_bike_GUIA23.png
capa_dirt_332_mai23.png
bottom of page