REVISTA BIKE ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Brasil e EUA são campeões da 1º etapa da CIMTB Levorin

Henrique Avancini (01) e Chloe Woodruff foram os mais rápidos na somatória de tempo.

foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin

 

Decisão e muita poeira na primeira etapa da CIMTB Levorin em Araxá. O brasileiro Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) e a americana Chloe Woodruff (Stans-Pivot Pro Team P/B) foram os grandes campeões do Cross Country Olímpico (XCO). Os dois também levaram a melhor na classificação geral. Os vice-campeões do XCO e geral ficaram com os brasileiros Luiz Henrique Cocuzzi (Lar – Scott – Mauro Ribeiro – Vzan) e Raiza Goulão (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team).

 

Compõe os terceiros lugares do estágio e geral, Catriel Soto e Agustina Apaza da Seleção Argentina.Avancini, que venceu pelo quinto ano consecutivo a primeira etapa da CIMTB Levorin, falou da importância da competição no cenário de MTB Mundial. “Eu já cheguei em Araxá muito bem fisicamente, motivado, precisando da vitória, já vivi muitas situações aqui, e vencer cinco anos uma prova desse nível não é nada fácil. Eu só consigo extrair essa performance pelo que o evento significa para mim e para o mountain bike brasileiro, o que eu consigo aqui vai muito além da minha condição física, a atmosfera de Araxá é especial, por isso eu sempre dou trabalho nesta etapa e espero isso sempre” ressaltou.

 

A disputa foi intensa na Super Elite Masculina. Com poucos segundos de diferença durante toda a prova, Cocuzzi não deu mole e pedalou forte para tentar ultrapassar Avancini nos últimos metros da pista sobre os gritos da torcida que lotou o complexo do Barreiro nos três dias de evento. “A disputa foi forte durante a corrida inteira, no final eu tentei uma ultrapassagem mais forte principalmente na descida Dona Beja, e nos metros finais peguei um impulso para acelerar forte, mas ele ainda permaneceu. Foi uma boa disputa e fiquei muito feliz”, afirmou.

 

Domínio americano entre as mulheres na Super Elite Feminina, apesar da brasileira Raiza Goulão ter conquistado o lugar mais alto do pódio na Short Track, a americana Chloe permaneceu em primeiro no geral. “Esse é um evento fantástico e é minha primeira vez em Araxá, já é a minha quarta vez no Brasil e eu não tenho nada a reclamar, pretendo voltar. Todos são muito legais e tem essa energia incrível, definitivamente hoje foi um dia maravilhoso. A pista é fantástica, muito rápida e difícil, eu estava muito empolgada para essa corrida. A Raiza é uma competidora muito forte e fizemos uma bela corrida juntas, fiquei muito feliz com meu resultado” comentou a campeã.

 

Raiza Goulão que pedalou com estratégia reconheceu o feito da americana e quer focar agora na Copa do Mundo de MTB. “Eu tinha feito uma estratégia e percebi que ia faltar no final, eu vi a Chloe no Pan e sabia que ela corria muito. Na última volta, na parte técnica eu estava ganhando alguns segundos, mas desgastei. De qualquer forma estou muito feliz com o resultado, agora é hora de recuperar e me preparar para a Copa do Mundo”, finalizou.

 

Raiza Goulão, 2ª colocada na geral da Super Elite Feminina foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin

 

Categoria Júnior

Na categoria Júnior os atletas aceleraram forte na pista e quem levou a melhor no feminino foi a atleta Bruna Elias (Specialized Racing BR), logo atrás a competidora Marcela Lima Braga Matos (Groove / Chaoyang / Shimano / Asw) cruzou a linha de chegada.

No masculino, Gustavo Xavier (Audax FSA / OBC) com vantagem segurou o lugar mais alto do pódio no masculino, seguido por Thiago Freitas Souza.

 

Para Bruna, que se despede da categoria Júnior esse ano, a prova de hoje foi uma oportunidade de carimbar a recuperação que vem fazendo na temporada. “Correr em Araxá sempre renova as energias, quero agradecer a todos pois não comecei o ano muito bem, mas já estou me recuperando, vou me preparar para ir em todas as etapas, tento que entregar o meu melhor e hoje foi um dia em que eu acertei. A última volta foi a mais redonda fiquei muito feliz com o resultado”, afirmou.

 

Gustavo Xavier confirmou o favoritismo e cruzou a linha de chegada com vantagem. “Foi uma prova super dura, um circuito muito pesado, mas consegui fazer uma boa largada e abrir uma vantagem a partir da segunda volta, fiz de tudo para colocar meu ritmo na competição. Nesse meu primeiro ano de Júnior está dando tudo certo, quero continuar participando de muitas competições internacionais pra evoluir’’, comentou.

 

Gustavo Xavier levou a Junior Marculino foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin

 

Bruna Elias levou a Junior Feminino foto: divulgação Specialized

 

 

Confira o top 10 do Resultado Final da Etapa

 

Super Elite Feminina

1. Chloe (Woodruff Stans-Pivot Pro Team) - 2h20'12''275

2. Raiza Goulao Henrique (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team) - 2h20'44''738

3. Agustina Maria Apaza (Merida Argentina) - 2h24'04''858

4. Paula Quiros (Gili Bike) - 2h26'19''163

5. Luciana Roland (Selección Argentina Xco) - 2h31'06''703

6. Leticia Jaqueline Soares Candido (Audax Fsa) - 2h34'03''635

7. Ines Gutierrez (Massi) - 2h34'49''493

8. Viviane Favery Costa (Cannondale Brasil Racing) - 2h34'49''553

9. Hercilia Najara Ferreira De Souza (Ciclovia Team / Seja Biker) - 2h36'07''144

10. Maria Fernanda Castro (Avulso) - 2h39'28''058

 

Super Elite Masculina

1. Henrique da Silva Avancini (Cannondale Factory Racing) - 2h16'19''529

2. Luiz Henrique Cocuzzi (Lar - Scott - Mauro Ribeiro - Vzan) - 2h16'22''367

3. Catriel Andres Soto (Selecion Argentina De Mtb) - 2h17'28''483

4. Keegan Swenson (Stans-Pivot Pro Team P/B) - 2h19'31''001

5. Shlomi Haimy (Avulso) - 2h19'55''040

6. Rubens Donizete Valeriano (Sense Factory Racing) - 2h19'56''644

7. David Rosa (Portugal) - 2h20'16''396

8. Daniel Grossi Soares De Souza (Groove/Chaoyang/Shimano/Asw) - 2h20'29''610

9. Jose Gabriel Marques De Almeida (Groove Chayoang Shimano Asw) 2h20'41''130

10. Sherman Trezza De Paiva (Cannondale Brasil Racing) - 2h21'01''408

 

Júnior Feminina

1. Bruna Saalfeld Elias (Specialized Racing Brasil) - 1h12’05’’

2. Marcela Lima Braga Matos (Groove/Chaoyang/Shimano) - 1h16’52’’

3. Vitoria Xavier Claudino (Soul Cycles) - 1h19’49’’

4. Maria Alice Dias Maia (Seven Bike Racing) - 1h25’02’’

5. Laurien Miranda Barbosa (Isa Bike Team) - 1h25’34’’

 

Júnior Masculina

1. Gustavo Xavier (Audax / FSA / obc) - 1h15’08”

2. Thiago Freitas Souza - 1h17’08’’

3. Ygor Oliveira (Loucos por Trilhas) - 1h17’14”

4. Ignacio Gallo - 1h17’26’’

5. Danilo Antonio Carvalho (Ciclo Bike Shop) - 1h19’24’’

 

 

 

CIMTB Levorin A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

 

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

 

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas. Confira os resultados.

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

BANNER-NEW-BIKE-ACTION.gif
banner-barbedo-sports.jpg
capa_bike_234_fev20.png
capa_dirt_293_fev20.png
capa_guia_bike_dezembro19.png
capa_guiadirt_fev20.png
capa_moto_149_jan20.png
cross-race.jpg
BANNER SITE 2020.jpg