REVISTA BIKE ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Henrique Avancini garante pódio inédito no XCO da Copa do Mundo de MTB disputada na Itália

10 Jul 2018

Pela primeira vez em sua carreira, ciclista de Petrópolis (RJ) esteve no top 5 da competição internacional, ao concluir a prova em Val di Sole na quarta posição. foto Michele Mondini / Divulgação

 

O domingo, dia 8 de julho, foi histórico para o ciclismo brasileiro. Com a quarta colocação conquistada na etapa italiana da Copa do Mundo UCI de MTB XCO, em Val di Sole, o petropolitano Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) tornou-se o primeiro atleta do cross country olímpico (XCO) do Brasil a subir no pódio da competição internacional na elite masculina da modalidade olímpica.

O título do XCO ficou mais uma vez com o suíço Nino Schurter, vencedor da prova em 2017, seguido de Gerhard Kerschbaumer (ITA) e Mathieu Van Der Poel (HOL). O top 5 foi completado por Florian Vogel (SUI).

 

"Obviamente estou bastante feliz de finalmente ter concretizado esse pódio na Copa do Mundo de MTB. Era algo que estava bem próximo e era uma questão de tempo. Estou contente, porque meu objetivo maior antes do ano começar era ser consistente e tenho sido, durante todo o primeiro semestre e agora na reta final da temporada também. E, eventualmente, estar encaixando resultados mais expressivos é muito bom", destacou Avancini, ciclista que tem como aliado o novo grupo Shimano XTR de 12 velocidades.

 

"A meta primordial era ter um bom balanço durante esse ano e, se você olhar outros atletas, fica nítido como é difícil manter-se consistente andando na frente e eu venho fazendo isso com alguma regularidade. É o que eu preciso agora. Aprender cada vez mais a disputar na frente, que é uma corrida diferente. Mas, no futuro, tentarei galgar passos maiores. Estou realmente feliz com esse resultado e sei que a temporada ainda está bem longe de terminar", complementou Avancini.

 

A etapa de Val di Sole da Copa do Mundo de MTB começou bem para Henrique Avancini na sexta-feira (6), dia em que foi disputada a prova do short track (XCC). Na prova de pista reduzida, Avancini garantiu o top 10 ao terminar na oitava colocação, sua melhor classificação até então no formato, que teve início na Copa do Mundo de Albstadt (ALE) e voltou a ser realizado em Nove Mesto Na Morávia (CZE). Enquanto no XCC alemão o brasileiro foi o 11º colocado, na disputa tcheca ele concluiu em 14º lugar. É o Brasil começando a incomodar os atletas estrangeiros.

 

 

Avancini no pódio do cross country olímpico na Itália. foto Michele Mondini / Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

BANNER-NEW-BIKE-ACTION.gif
banner-barbedo-sports.jpg
capa_bike_231_novembro19.png
capa_dirt_290_novembro19.png
capa_guia-de-bike_dezembro.png
capa_guiadirt_fev19.png
capa_moto_147_novembro19.png
cross-race.jpg
Screen Shot 2019-10-11 at 4.04_edited.jp