REVISTA BIKE ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Henrique Avancini e Letícia Cândido são os campeões brasileiros de XCO no Cannondale MTB Festival

 Na categoria sub-23 do cross country olímpico, Edson Rezende e Karen Olímpio faturaram o título na temporada de 2019. Evento segue neste domingo (21), com as disputas da maratona (XCM) e do downhill (DH). foto Gustavo Epifânio

 

 

 

O público que lotou as dependências do Instituto Mairiporã-SP neste sábado (20) pode acompanhar de perto a definição dos campeões brasileiros de cross country olímpico (XCO) na temporada 2019. Na principal categoria do evento, a Elite, o atual campeão mundial de maratona (XCM) Henrique Avancini garantiu mais um título na carreira, o 14º dele na modalidade. Entre as mulheres, Letícia Cândido conquistou o título, ganhando agora o direito de vestir o uniforme com o símbolo do Brasil pela primeira vez na Elite. Na Sub-23, Edson Rezende e Karen Olímpio foram os campeões.

 

 Henrique Avancini  (1) foto Gustavo Epifânio

 

Na Elite masculina, Avancini liderou do início ao fim. Na terceira volta ele atacou e conseguiu uma diferença confortável para seus quatro principais perseguidores, que completaram o top 5 do dia: Guilherme Muller, Sherman Trezza, Luiz Cocuzzi e Rubinho Valeriano.

 

"Foi uma corrida duríssima. É muito difícil voltar de uma sequência internacional, tentando competir entre os melhores do mundo e conseguir se manter concentrado o suficiente pra fazer uma boa prova", disse Avancini, que retorna ao Brasil após quatro pódios em duas etapas da Copa do Mundo UCI de MTB, em Andorra e na França.

 

"Essa era uma prova que todo mundo esperava que eu ganhasse, e fico feliz de não ter decepcionado a galera. E ter ajudado a fazer essa festa maravilhosa. É diferente de como se eu estivesse em uma prova internacional, porque eu estou em casa e a sensação é muito melhor. É especial ver esse carinho, ver como as pessoas vibram com o mountain bike, com um biker brasileiro. Vivo um momento dos sonhos na minha carreira", completou o vice-líder no ranking da Copa do Mundo UCI de MTB em 2019.

 

Elite feminina

Entre as mulheres, a mineira Letícia Cândido comemorou o título inédito na carreira e não escondeu a emoção no final. Ela superou Raiza Goulão, tricampeã brasileira entre 2015 e 2017, e Jaqueline Mourão, vencedora nacional em 2018. O pódio teve ainda Hercília Najara e Viviane Favery.

 

 Pódio Elite Feminino. foto Gustavo Epifânio

 

"Foi um turbilhão de emoções, desde a largada sabia que não estava na minha melhor performance. Mas confiei no meu trabalho e contei um pouquinho com a sorte. Agradeço a toda minha equipe, que confiou no meu trabalho. Estou muito contente", disse Letícia. "Meu sonho é ir pra uma etapa da Copa do Mundo, mas ainda tem muita coisa a ser feita dentro do nosso país, a ser consolidada", completou.

 

Jaqueline Mourão liderava a corrida na Elite feminina, em busca do bicampeonato consecutivo. No entanto, na metade final da prova a ciclista teve um furo no pneu traseiro logo no trecho final do circuito. Assim, ela teve que percorrer boa parte do percurso pedalando no aro da bike, até que subiu correndo o primeiro quilômetro da pista, para chegar na área de apoio.

 

"Faz parte do esporte. Furei o pneu e tive que correr muito pra chegar no apoio para poder fazer a troca. Mas é importante saber que estou muito forte e que fisicamente e tecnicamente estou muito bem. Problemas mecânicos acontecem, é a gente tem que saber que isso faz parte do esporte. Semana que vem tem Jogos Pan-Americanos no Peru e é uma honra muito grande representar o meu país", destacou Jaqueline.

 

Categoria Sub-23

Na categoria que prepara os ciclistas para a entrada na elite, Edson Rezende e Karen Olimpio sagram-se campeões brasileiros, subindo no lugar mais alto do pódio na sub-23 do XCO no Cannondale MTB Festival. Entre os homens, completaram o pódio Ulan Bastos Galinski, Cristian Lazzari, Roger Renso e Edmilson de Macedo. No feminino, Karen Olimpio conseguiu superar Marcela Lima e garantir mais um título brasileiro na Sub-23. Victoria Claudino foi a terceira, Naira Machado ficou em quarto lugar e Larissa Cristina fechou o pódio.

 

"A prova foi especial, dura e muito disputada. Tive um problema com um pneu furado na segunda volta, mas consegui administra bem. A equipe fez um bom trabalho e não perdemos muito tempo na troca. Na mesma volta consegui tirar a diferença e me reconectei com o líder, que era o Ulan Bastos. Feliz demais pelo resultado, muito especial fechar meu último ano na Sub-23 como campeão brasileiro é mais do que especial pra mim", comentou Edson.

 

Júnior e Juvenil

Nas categorias de base, Giugiu Morgen e Lázaro Moreira sagraram-se campeões na juvenil, enquanto Alex Malacarne e Laurien Miranda subiram ao lugar mais alto do pódio na júnior. Na infanto-juvenil, Nicoly Ribeiro e Matheus Heliandro conquistaram o título na categoria.

 

Último dia

O Cannondale MTB Festival termina neste domingo, quando serão realizadas as disputas da maratona (XCM), durante a manhã, e do downhill (DH) no período da tarde. As finais do downhill terão transmissão ao vivo pela Bandsports a partir das 11h30. Além disso, as provas válidas pelos campeonatos brasileiros também poderão ser acompanhadas pela internet. Três canais no YouTube irão transmitir diversas provas ao vivo: MTB90, Pra Quem Pedala e a própria Bandsports.O Cannondale MTB Festival tem patrocínio de Jeep, Monster Energy, Coca-Cola, Barbedo, Cannondale, Shimano e Vittoria.

 

Serviço
Cannondale MTB Festival
De 19 a 21 de julho de 2019
Instituto Mairiporã
Avenida Dr. Thomaz Rodrigues da Cruz, 1113 | Mairiporã-SP | Brasil 
 

 

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

BANNER-NEW-BIKE-ACTION.gif
banner-barbedo-sports.jpg
capa_bike_235_mar20.png
capa_dirt_294_mar20.png
capa_guia_bike_dezembro19.png
capa_guiadirt_fev20.png
capa_moto_151_mar20.png
cross-race.jpg
Untitled-1.jpg