REVISTA BIKE ACTION

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Vela lança serviço de upgrade para primeiras versões de bikes elétricas

VELA 2

 

Com o objetivo de fomentar o uso de bicicletas como meio de transporte urbano, a Vela - startup brasileira de mobilidade urbana sustentável - lança mais um serviço voltado para seus clientes espalhados por diferentes cidades no Brasil. Trata-se de um upgrade, que é oferecido aos proprietários que possuem as primeiras versões das bicicletas da Vela (Vela 1 ou S) e que querem deixá-la mais modernas, conectadas e próximas ao último modelo, a Vela 2.

                  VELA S                                        VELA 1

 

Com o serviço inovador, a startup se mantém coerente com sua proposta de sustentabilidade e sua missão de facilitar o acesso da população à bicicleta elétrica de alta tecnologia.

 

O fundador e CEO da marca, Victor Hugo Cruz, explica que o objetivo do novo serviço é permitir que os clientes das primeiras versões da Vela permaneçam com suas bicicletas, mas também aproveitem as evoluções em tecnologia incorporadas no último modelo. “Além da questão sustentável, que elimina a necessidade de descarte, venda ou uma troca do produto sem a necessidade, há também o fato de que os clientes têm um apego significativo às suas bikes por conta da mudança de vida que elas trouxeram para eles. Para se ter ideia alguns dão até nomes para elas. Oferecer a esses clientes a possibilidade de upgrade foi a forma que encontramos de entregar ainda mais valor e reforçar a proposta da marca como um meio de transporte urbano viável”, afirma.

 

 

O CEO explica que o modelo com upgrade ganha o nome de Vela 1.5 justamente por ser uma versão intermediária entre a as Velas 1 e S e a segunda geração, a Vela 2. O grande diferencial entre os primeiros modelos e a última versão é a conexão com a internet. O upgrade vai permitir que os modelos antigos sejam controlados por aplicativo, além de incluir as seguintes features: medidor de bateria, diferentes opções de modo de condução, rastreamento GPS, alarme remoto e velocidade em tempo real. No mapa do app, também serão exibidas os pontos em que estão instaladas as estações de recarga rápida da Vela (cafés e outros locais) para que a bateria possa ser carregada e ninguém fique na mão.

 

Além disso, em um segundo momento, os clientes poderão optar por alterações no design e pela inclusão de componentes, como guidão com manoplas mais confortáveis, nova campainha e mudflap nos paralamas. Segundo Victor, a compra do upgrade pode solicitado online através dos canais de atendimento: chat no site, e-mail, Instagram e telefone. Na pré-venda, o valor promocional do upgrade é de R$ 990 e depois desse período o serviço custará R$ 1.290.

 

Os clientes que comprarem o upgrade deverão levar suas bikes às lojas ou oficinas autorizadas da Vela pelo Brasil, a lista completa está no site da empresa. O agendamento da troca dos componentes eletrônicos será feito a partir de abril por e-mail ou telefone, seguindo a ordem da lista dos pedidos. A atualização agendada do modelo leva entre 3 e 4 horas de serviço.Victor explica que a versão 1 ainda é fabricada pela Vela e suas últimas unidades estão sendo vendidas com desconto. Já a Vela S não é mais fabricada. Ele acredita que a evolução para a bike conectada é natural, principalmente no contexto de uso urbano. “Conectar a bicicleta à internet muda tudo porque traz inteligência para o trajeto. O aplicativo também será capaz de coletar dados e, a partir deles, fazer alertas como ruas com mais buracos ou onde a pavimentação não é tão boa. A tecnologia mudou a forma como trabalhamos, nos comunicamos e já está mudando como andamos de bicicleta também”, destaca.

 

Além de dados de qualidade das vias, a equipe da Vela pretende utilizar as informações para desenvolver, com base no uso, de maneira mais eficiente e precisa a rede de pontos de recarga rápida. "Hoje, fazemos as instalações dos pontos da nossa rede de recarga rápida, com base no trajeto diário dos nosso clientes, porém não consideramos a porcentagem de carga da bateria, que pode ser menor regiões específicas. A instalação dos pontos com base na carga média restante na bateria dos nossos clientes, vai entregar a mesma segurança de maneira mais eficaz" finaliza.

 

Sobre a Vela

A Vela é uma startup brasileira de bicicletas elétricas com desenvolvimento e equipe 100% nacionais. Fundada em 2012 pelo engenheiro e empreendedor, Victor Hugo Cruz, de 30 anos, o projeto desenvolve modelos de bikes e acessórios que harmonizam simplicidade à tecnologia de ponta, de forma a viabilizar uma solução de alta performance, econômica e sustentável para os problemas de mobilidade urbana.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

BANNER-NEW-BIKE-ACTION.gif
banner-barbedo-sports.jpg
capa_bike_235_mar20.png
capa_dirt_294_mar20.png
capa_guia_bike_dezembro19.png
capa_guiadirt_fev20.png
capa_moto_151_mar20.png
cross-race.jpg
Untitled-1.jpg